O Papa ao Encontro Global do Turismo Jovem: usem o tempo bem e com responsabilidade

 

Em uma mensagem em vídeo o Papa convida os jovens presentes no Encontro Global do Turismo Jovem a usar bem o período de férias sem esquecer o compromisso com iniciativas de solidariedade, ajuda às famílias e a dimensão da oração. O evento se realiza em Sorrento, de 27 de junho a 3 de julho

 

Antonella Palermo - Vatican News

O Papa Francisco enviou uma mensagem em vídeo aos jovens que participam do primeiro Encontro Global do Turismo Juvenil  que se realiza de 27 de junho a 3 de julho em Sorrento, na Itália. 

 

Solidariedade, ajuda à família e oração

 

Na mensagem o pensamento do Papase dirige aos que ainda são estudantes, para os quais o turismo coincide com o tempo de férias escolares. "As experiências feitas neste período ficarão para sempre na memória", enfatiza o pontífice. E acrescenta:

 

"Além do entretenimento e do descanso, sei que alguns de vocês usam este tempo voluntariamente para ajudar em iniciativas de solidariedade; outros se dedicam a pequenos trabalhos para ajudar suas famílias ou para sustentar seus estudos; outros ainda escolhem dias de silêncio e oração para estar com Deus e receber luz em seu caminho. Em qualquer caso, encorajo todos vocês a usar bem e com responsabilidade o tempo de férias: é assim que se cresce e se prepara para assumir tarefas mais exigentes".

O Papa concluiu desejando aos jovens "que sejam mensageiros de esperança e de renascimento para o futuro”.

 

O evento

 

São mais de 130 jovens - entre 12 e 18 anos – provenientes de 60 países que se reúnem na pequena cidade litorânea, Sorrento, para um evento, o primeiro do gênero, organizado pela Organização Mundial do Turismo e realizado na Itália em colaboração com o Ministério do Turismo e a Agência Nacional de Turismo (ENIT). Eles se encontrarão com líderes do setor, entre os quais políticos e figuras-chave do mundo do esporte, gastronomia, entretenimento e inovação. Segundo o Secretário-Geral da Organização Mundial do Turismo Zurab Pololikashvili, o evento "ajudará a construir um legado duradouro, dando aos jovens as habilidades e conhecimentos necessários para transformar o turismo não apenas em suas comunidades, mas em todos os lugares”.

 

Sustentabilidade, agricultura, navegação

 

Estão previstas seis Masterclasses, assim como duas palestras à noite, uma Assembleia Geral simulada da Organização Mundial do Turismo e sessões interativas onde os participantes poderão se confrontar diretamente com as Nações Unidas e com os Ministros do Turismo e outros funcionários de alto nível provenientes da República Democrática do Congo, Croácia, Alemanha, Geórgia, Albânia, Azerbaijão, Cazaquistão, Maldivas, Espanha, Montenegro, São Tomé e Príncipe, Iêmen e muitos outros Estados membros da Organização Mundial do Turismo da ONU. A Cúpula se concentrará em alguns dos principais desafios e oportunidades enfrentados pelo turismo global no momento, com ênfase no papel do setor para alcançar a Agenda 2030 da ONU e suas 17 Metas de Desenvolvimento Sustentável. Estas incluem uma análise aprofundada da biodiversidade, também graças a uma excursão na Área de Proteção Marinha de Punta Campanella, e sobre as técnicas do mar e da navegação. Além disso, o Fórum Mundial da Alimentação (organizado pela FAO) irá sediar um debate sobre soluções para reduzir o desperdício de alimentos no turismo.

 

Fonte: Vatican News.