Padre Marcelo Rossi
 

Marcelo Mendonça Rossi nasceu em 20 de maio de 1967 e foi criado em Santana na zona norte de São Paulo, com seus pais Antônio e Vilma e duas irmãs Mônica e Marta.

Em 1989 formou-se em Educação Física. Aos 21 anos sofreu um choque duplo: seu primo morreu em um acidente e na mesma época, ficou sabendo que uma tia tinha um tumor maligno na região occipital.

Marcelo só encontrou conforto na Igreja, a qual havia se distanciado cinco anos antes. “O encontro com Deus me trouxe a paz que eu havia perdido”, conta.

Um ano depois, inspirado por uma minissérie sobre a vida do Papa João Paulo II, decidiu dedicar-se ao sacerdócio. Fez duas faculdades, Filosofia pela Universidade Nossa Senhora Assunção e Teologia pela Faculdade Salesiano de Lorena.

Ordenado desde 1 de dezembro de 1994, Pe. Marcelo Rossi começou a pregar a palavra de Deus com tanto entusiasmo que, aos poucos conquistou os fies que assistiam suas Missas na Paróquia Perpétuo Socorro e Santa Rosália em Santo Amaro, São Paulo.

O espaço ficou pequeno para tanta fé e as celebrações passaram a ser realizadas no espaço de nome “Gonzagão”, posteriormente, no Santuário Terço Bizantino, primeiro na Avenida Euzébio Stevaux e atualmente na Avenida das Nações Unidas.

Toda essa mudança aconteceu de forma muito rápida e desde então o Padre é um dos expoentes do Movimento Católico no Brasil. Tem programa diário na Rádio Globo (de segunda a sábado das 9 às 10 horas – líder de audiência nacional com recordes históricos no seu horário, com uma média de 2.160.000 fiéis/minuto) programas diários ( Terço Bizantino e Momento Fé ) e missa semanal, na Rede Vida de Televisão (canal católico), além da missa semanal na TV Globo, que é veiculada para todo Brasil e mais 45 países.

Um grande momento do sacerdote aconteceu em 1997, em 02 de novembro, num encontro religioso “SOU FELIZ POR SER CATÓLICO”, quando ele celebrou uma missa para mais de 70 mil pessoas no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Para divulgar a mensagem de Jesus a um maior número de pessoas, decidiu transportar para um disco a experiência única de suas celebrações. Assim, lançou em 1998 o CD “Músicas para louvar o senhor”, que vendeu quase 4.000.000 de exemplares. O reconhecimento veio estampado em capas de diversas e manchetes de jornais, além da presença em programas de televisão de grande audiência. Com a renda obtida pelos discos vendidos, o religioso beneficiou dez obras carentes da Diocese de Santo Amaro, (orfanatos asilos e obras de assistências sociais).

E com a fórmula especial de lavar a palavra de Deus em forma de música, o Padre Marcelo Rossi lançou no ano em 1999 seu segundo CD “Um presente para Jesus”, em 2000 o terceiro “Canções para um novo Milênio”, em 2001 o quarto “Paz”, com músicas de Roberto Carlos e Erasmo Carlos e em 2002 o CD “Anjos”. Totalizando o número de 6,5 milhões de discos vendidos.

Em 1999 foi organizado o evento “Saudade sim, tristeza não” nas proximidades do Santuário Terço Bizantino que teve a presença de mais de 600 mil fiéis, lotando as ruas em torno do santuário.

Em 2000 ele foi transferido para o Autódromo de Interlagos, com a intenção de recepcionar um número maior de pessoas com maior conforto e segurança. Para a surpresa de todos, 2 milhões e 400 mil pessoas lotaram o autódromo para orar e louvar Deus.

Desde 29 de julho de 2001 a celebração da “Santa Missa em seu lar” -  Missa que é transmitida ao vivo, pela TV Globo, semanalmente para todo o Brasil e mais 45 países, dá continuidade a este trabalho de evangelização através dos meios de comunicação.

Em 31 de março de 2002, data da celebração da Páscoa, recebeu a nomeação de Reitor do Santuário Terço Bizantino. O título foi outorgado pelo Bispo da Diocese de Santo Amaro, Dom Fernando Antonio Figueiredo. O Padre Marcelo passou então a exercer seu trabalho, em tempo integral, neste local e pode realizar todos os sacramentos da Igreja – como casamentos e batizados.

Em agosto de 2003 produziu seu sexto CD e gravou um filme, obra com que tanto sonhava – “Maria, Mãe do filho de Deus” – que teve veiculação nacional obtendo a sétima maior bilheteria do cinema nacional, com Direção de Moacyr Góes e produção de Diler Trindade.

Em 2004 gravou “Irmãos de Fé” que é o título do seu segundo filme com a mesma vitoriosa equipe.

Em abril de 2006 foi realizado o “Show da Paz – Unidos Venceremos a Violência”, um evento em nome da paz que aconteceu no estádio do Morumbi, em São Paulo, para mais de 70 mil pessoas.

Paralelo a isso, o Portal Padre Marcelo é desde 2003 mais um meio muito importante para a comunicação com os fiéis, ganhador por cinco anos seguidos do Prêmio IBest, sendo hoje um portal de Evangelização.

Em outubro de 2006, o sacerdote lançou o CD “Minha Benção”, o sétimo da sua carreira, tão aguardado pelos fiéis, que pediam um novo trabalho de evangelização em forma de música.

Em 21 de abril de 2008, foi realizado no autódromo de Interlagos o segundo evento “Paz sim, Violência não”, para comemorar os seus dez anos de evangelização, Padre Marcelo Rossi gravou o DVD que levou o mesmo nome.

Estiveram presente cerca de 3 milhões de pessoas que acompanharam o evento num clima de muita paz e alegria.

Centenas de caravanas de todas as partes do país vieram a São Paulo trazendo milhares de turistas, especialmente para acompanhar a gravação do DVD, que contou com a participação de 18 artistas de renome interpretando canções de autoria do Padre entre 13h e 18h. Logo após os shows, o Padre Marcelo e o Bispo Dom Fernando celebraram uma emocionante missa, que contou com a participação do cantor Agnaldo Rayol e do maestro e pianista João Carlos Martins. Prestigiaram a cerimônia importantes autoridades, como o governador José Serra, o prefeito Gilberto Kassab e o presidente da São Paulo Turismo, Caio Luiz de Carvalho.

O público presente acompanhou nomes como Xuxa, Ivete Sangalo, Bruno e Marrone, Zezé de Camargo e Luciano, César Minotti e Fabiano, Alcione, Daniel, Sérgio Reis, Hebe Camargo e Paulo Ricardo. Um evento do tamanho da cidade de São Paulo, a cidade que abriga centenas de eventos de grande porte todos os anos e que já se consagra como um importante destino religioso.

Em 11 de maio de 2007 no Campo de Marte, a capital paulista recebeu com toda pompa o Papa Bento XVI e o Pe. Marcelo participou da Canonização do Beato Antônio de Sant Anna Galvão ( Frei Galvão ), fato que arrastou milhares de fiéis de todas as partes e a cidade atraiu a atenção de milhões de católicos do mundo todo.

No ano de 2010, entrou para seu primeiro desafio literário e lançou o livro Ágape, pela editora Globo Livros, para incentivar cada vez mais a leitura da Palavra de Deus. A palavra Ágape significa a refeição promovida pelos primitivos cristãos a fim de celebrar o rito eucarístico. O rito confraternizava ricos e pobres em torno de ideais como amizade, caridade, amor. O livro foi um sucesso de vendas e alcançou mais de oito milhões de pessoas. No ano seguinte, 2011, Ágape virou musical e o CD somou mais de 1,7 milhões de cópias vendidas. No início de 2012 o Pe. Marcelo também lançou o livro em uma versão infantil, o “Agapinho”, que já atingiu a marca e 700 mil exemplares.

Em 2010 recebeu do Papa Bento XVI, no Vaticano o Prêmio Van Thuan 2010 – Solidariedade e Desenvolvimento ( Evangelizador Moderno 2010 ). 

Foi um reconhecimento à maneira moderna de divulgar a palavra de Deus – na televisão, rádio, internet ( através do site www.padremarcelorossi.com.br e nas redes sociais ) em eventos religiosos, discos e DVDs.

Em 20 de maio de 2012, o novo Santuário Theotokos “Mãe de Deus” foi palco da gravação do DVD “Ágape Amor Divino”, que contou com abertura da Orquestra Sinfônica de Heliópolis e com todo o repertório do CD Ágape Musical. Participaram da gravação o cantor Belo, que cantou “Força e Vitória” e “Hoje Livre Sou”, o Padre Fábio de Melo, que fez dueto com Padre Marcelo Rossi em “Filho Do Céu” e “Incendeia Minha Alma”, Xuxa, que participou em “Bem Aventurança”, Alexandre Pires, na música “Sonda-me” e Eugênio Jorge, em “Deus é Mais”.

O show contou ainda com a participação especial do maestro João Carlos Martins, executando o “Hino Nacional” no piano e a Orquestra Sinfônica de Heliópolis, em “Ave Maria”, de Schubert.

Na data, estiveram presentes mais de 50 mil pessoas no novo santuário e também foi comemorado os 45 anos de idade do Padre Marcelo, além da celebração de uma missa e o encerramento especial do DVD. O Coral Infantil de Heliópolis foi o responsável pelos “Parabéns a Você”, em homenagem ao Padre. Ágape Amor Divino foi lançado em setembro de 2012.

Em 02 de Novembro de 2012 (  Sexta-feira ), foi inaugurado, o novo santuário Mãe de Deus. Em missa celebrada a partir das 11 horas, o Santuário Theotokos - Mãe de Deus, na Avenida Interlagos, em Santo Amaro, ficou lotado.

Cada vez mais o Pe. Marcelo Rossi cativa o povo brasileiro, especialmente o católico, com seu jeito simples de evangelizar. Seu trabalho de levar a palavra de Deus ao maior número de pessoas é o seu propósito de vida, cumprido passo a passo a cada missa, em cada programa de rádio, em seu site http://www.padremarcelorossi.com.br e nas redes sociais.

 

Frase escolhida para a ordenação:

“Trazemos este tesouro em vasos de argila, para que este incomparável poder seja de Deus e não de nós”

II Cor 4, 7

 

Clique aqui para ver a Revista Digital do Prêmio Van Thuân

Imprimir
Voltar